Desde 2001, um website dedicado à divulgação dos Escritos teológicos de Emanuel Swedenborg (1688-1772).
Literatura Estudo Bíblico Links Biografia de Swedenborg Contatos
Sermões Downloads Tópicos Swedenborg website  

Estudo Bíblico "A Escritura Santa" - Parte 2.2 - O Livro do Êxodo
 PÁGINA PRINCIPAL | PÁGINA ANTERIOR | PRÓXIMA PÁGINA

 

Parte 2 - Livros do Antigo Testamento

Capítulo 11 - O Livro do Êxodo

11.1 - História do livro do Êxodo

11.1 - O termo "Êxodo" vem do grego, tirado da tradução Septuaginta, e quer dizer "saída", isto é, a saída dos filhos de Jacob (ou Israel) da terra do Egito. O nome deste livro em hebraico é "Shemot" de "VE-ELLEH-SHEMOT" que traduzido é: "Estes são os nomes", porque é assim que começa o segundo livro de Moisés. Foi escrito na época em Moisés estava no deserto de Sinai, conduzindo o povo em direção à terra de Canaan.

Os relatos do Êxodo abrangem um período de 145 anos aproximadamente. Tratam das dificuldades que o povo de Israel teve para se libertar da escravidão no Egito, o trajeto para a terra de Canaan e a vida no deserto por um período de 40 anos. Falam da legislação ali promulgada para a nação israelita e da instituição dos cerimoniais, ritos e objetos do culto a JEHOVAH. O livro do Êxodo, o segundo do Pentateuco, foi dividido pelos massoretas em 11 seções. Tem 40 capítulos e 1209 versículos.

 

11.2 - Assuntos do livro do Êxodo

Cap.1 - Os filhos de Israel, que desceram ao Egito, multiplicaram-se naquela terra. Um faraó que não conhecera José teme o aumento do povo de Israel. Começa, então, a perseguir o povo, escravizando-o e limitando o seu número através da execução de todas as crianças israelitas nascidas do sexo masculino.

Cap.2 - O nascimento de Moisés e de como foi protegido; a revolta de Moisés contra um egípcio: Moisés o mata e por causa disso tem de fugir; vai para Midian, onde fica morando com Jetro.

Cap.3 - O Senhor aparece a Moisés no monte Horebe e lhe fala de Sua intenção de salvar o povo de Israel da escravidão em que vivia no Egito; manda Moisés levar a ordem ao faraó.

Cap.4 - Moisés alega sua incapacidade de transmitir a mensagem, pelo que o Senhor lhe dá Aarão, seu irmão, para o auxiliar; Moisés volta ao Egito.

Cap.5 - Moisés e Aarão pedem ao faraó que deixe o povo ir, mas este não consente. Antes, aumenta a carga do povo.

Cap.6 - O Senhor fala novamente a Moisés, renovando a intenção de tirar do Egito o povo de Israel. A genealogia de Rubem, Simeon e Levi.

Cap.7 - O Senhor continua reafirmando Seu propósito de livrar o povo; Moisés e Aarão falam novamente, sem sucesso, ao faraó; Deus envia a primeira praga, das águas que se transformam em sangue.

Cap.8 - As pragas das rãs, dos piolhos e das moscas.

Cap.9 - As pragas da peste nos animais e da saraiva.

Cap.10 - As pragas dos gafanhotos e das trevas; o faraó continua irredutível.

Cap.11 - O Senhor anuncia a praga da morte de todos os primogênitos dos egípcios.

Cap.12 - A instituição da páscoa; o Senhor dá instrução a Moisés sobre a celebração da páscoa pelos israelitas; naquela mesma noite, morre todo primogênito dos egípcios. O povo de Israel é finalmente despedido pelo faraó e sai do Egito levando muitas riquezas.

Cap.13 - O Senhor ordena que todo primogênito lhe seja consagrado. Deus faz o povo contornar a terra dos filisteus.

Cap.14 - Deus guia o povo e o faz passar em seco pelo meio do Mar Vermelho; os egípcios que os perseguiam perecem no mar.

Cap.15 - Moisés e sua irmã, Mirian entoam cânticos a Deus. Em Mara, águas amargas são adocicadas para que o povo beba.

Cap.16 - No deserto, o povo murmura contra Moisés, lembrando-se do alimento que tinha em abundância no Egito. Deus manda o maná e carne, para fartura do povo.

Cap.17 - Novamente o povo reclama, agora com sede; Deus manda Moisés ferir a rocha, donde brota água; Amaleque peleja contra Israel, mas é derrotado.

Cap.18 - Jetro, o sogro de Moisés, lhe vem ao encontro trazendo Zípora, mulher de Moisés, e os filhos; Jetro aconselha a Moisés acerca da administração do povo, para que distribua com líderes escolhidos a responsabilidade de julgar as questões trazidas pelo povo, a fim de lhe diminuir a carga.

Cap.19 - Chegando ao Monte Sinai, Deus ordena que o povo se prepare e se santifique.

Cap.20 - Deus dá ao povo os Dez Mandamentos, em meio a sinais espantosos de terremoto, raios e fumaça sobre o monte.

Cap.21 - Deus dá ao povo outras leis, tais como: acerca dos servos; dos que ferirem, dos que amaldiçoaram os pais e dos responsáveis por ferimentos ou prejuízos provocados por animais.

Cap.22 - Continua a instituição de diversas leis: acerca dos roubos e dos penhores; das virgens; do estrangeiro e dos pobres.

Cap.23 - Leis acerca do direito e do testemunho falso; o descanso da terra; as festas religiosas. Deus promete enviar um anjo para guiar o povo.

Cap.24 - Moisés e os anciãos sobem ao monte e fazem uma aliança com Deus.

Cap.25 - Deus ordena que o povo construa um tabernáculo e dá diversas instruções sobre as ofertas, a arca de madeira que conterá as tábuas da Lei, o propiciatório e a mesa.

Cap.26 - Instruções sobre as cortinas e os tecidos do tabernáculo, as tábuas que servirão de paredes e o véu para as divisões.

Cap.27 - Sobre o altar do holocausto, o pátio do tabernáculo e o azeite puro para as lâmpadas.

Cap.28 - Deus escolhe Arão e seus filhos para o serviço sacerdotal. Instrução sobre as vestes dos sacerdotes: o peitoral (Urim e Tumim) e a lâmina de ouro, partes da vestimenta sacerdotal.

Cap.29 - Diversas instruções sobre os sacrifícios do ritual e os ritos para a consagração dos sacerdotes.

Cap.30 - Instrução a respeito do altar do incenso; acerca do resgate pela contagem dos filhos de Israel; a pia do tabernáculo, o azeite da unção e o incenso.

Cap.31 - A respeito dos artífices que fariam as obras do tabernáculo; instruções acerca da observância dos sábados.

Cap.32 - Enquanto Moisés recebia essas instruções, como se demorasse a descer, o povo fez um ídolo, um bezerro de ouro para ser adorado em lugar de Deus; Moisés, indignado, quebra as tábuas do Decálogo e manda castigar os idólatras.

Cap.33 - Deus fala a Moisés que mandará um anjo adiante do povo; Deus mostra Sua glória a Moisés.

Cap.34 - Deus dá novas tábuas de pedra com o Decálogo a Moisés e faz um pacto com o povo.

Cap.35 - Instruções acerca do sábado e das ofertas para o tabernáculo; o povo tem muito boa disposição em contribuir com as suas riquezas; dois artífices são designados e inspirados para a execução das obras do tabernáculo e de suas peças.

Cap.36 - Moisés entrega aos artífices as ofertas que serão usadas nessas obras; descrição dos trabalhos executados: a coberta de peles, os véus e as colunas.

Cap.37 - A confecção da arca, do propiciatório, da mesa e do candelabro.

Cap.38 - A fabricação do altar e a construção do pátio; a descrição dos utensílios do tabernáculo.

Cap.39 - A confecção das vestes sacerdotais com seus acessórios e detalhes; o tabernáculo é concluído.

Cap.40 - Moisés manda áculo.

Cap.39 - A confecção das vestes sacerdotais com seus acessórios e detalhes; o tabernáculo é concluído.

Cap.40 - Moisés manda que o povo erga o tabernáculo; a nuvem do Senhor cobre a tenda da congregação e dali passa a conduzir o povo, de dia como uma nuvem e de noite como uma coluna fogo.

 

**************************

 

.
Reflexões sobre os temas do Capítulo 11

1 - De que forma Se apresentou o Senhor a Moisés pela primeira vez e com que nomea vez e com que nome Se deu a conhecer?
2 - De que maneira o Senhor Se apresenta a nós, e como Ele se dá a conhecer hoje?
3 - Em que consistia a páscoa? Por que foi instituída?
4 - Como foi a primeira guerra dos filhos de Israel, acontecida em Refidim?
5 - O que existe de comum nestes versículos: 4:2; 7:19; 14:16; 17:5,6?
6 - Que sinais extraordinários se fizeram ver na promulgação dos Dez Mandamentos?
7 - Você acha que os Dez Mandamentos têm aplicação prática para nossas vidas hoje ou eles foram abolidos?
8 - O que Deus determinou quanto aos direitos individuais no capítulo 23:2, 6 e 8?

 

Se desejar, você pode nos enviar suas perguntas ou comentários por carta ou e-mail

 Continua > > 

 PÁGINA PRINCIPAL | PÁGINA ANTERIOR | PRÓXIMA PÁGINA

Atualização: Outubro, 2013 - doutrinascelestes@gmail.com