Desde 2001, um website dedicado à divulgação dos Escritos teológicos de Emanuel Swedenborg (1688-1772). - Atualização: Maio 2014
Literatura Estudo Bíblico Links Biografia de Swedenborg Contatos
Sermões Downloads Tópicos Swedenborg website Arcanos Celestes

A Nova Jerusalém

  • As Doutrinas Celestes

As doutrinas para a Nova Igreja, ou Doutrinas Celestes, fundamentam-se na Palavra Divina do Antigo e Novo Testamentos em seus sentidos literal e espiritual. A revelação do sentido espiritual foi prevista por João, no livro do Apocalipse, pela visão da abertura do livro selado com sete selos que somente podia ser feita pelo Cordeiro, o Senhor Deus Jesus Cristo. Uma tal abertura ou revelação da Palavra constitui a Segunda Vinda do Senhor ao mundo, vindo Ele agora como o Espírito da Verdade. Ele realizou Sua Segunda Vinda no sentido interno da Palavra, exposto nas obras teológicas de Seu servo, Emanuel Swedenborg.

  • A Nova Igreja, chamada “A Nova Jerusalém”

"E, interrogado pelos fariseus sobre quando havia de vir o reino de Deus, respondeu-lhes, e disse: O reino de Deus não vem com aparência exterior. Nem dirão: Ei-lo aqui, ou: Ei-lo ali; porque eis que o reino de Deus está dentro de vós" (Lucas 17:20, 21). 
A Nova Igreja é significada no Apocalipse (cap. 21) pela cidade santa, a Nova Jerusalém que desce de Deus pelos céus e ali chamada Noiva e Esposa do Cordeiro. É uma instituição espiritual fundada pelo Senhor no coração daqueles que se dirigem a Ele somente, ao mesmo tempo que se abstêm dos males por serem pecados contra Deus.  A instituição desse corpo espiritual, vindo de Deus pelos céus, acontece nesta Terra no fim da igreja cristã atual. Isso é efetuado pelo Senhor, somente, e é por Ele que a Nova Igreja existirá. Nela estarão todos os que estiverem nas verdades derivadas do bem, a saber, os que crêem no Senhor e vivem santamente pela Palavra. O primeiro essencial da Nova Igreja é reconhecer o Senhor como Deus do céu e da terra e o Seu Humano como Divino. O segundo essencial é a comunhão com Ele pela observância dos Mandamentos da Palavra. 

  • A Fé da Nova Igreja

Os Fundamentos da fé da Nova Igreja são estes: 1. Há um só Deus, em Quem está a Divina Trindade, e o Senhor Deus Salvador Jesus Cristo é este Deus. 2. A fé salvífica é crer n'Ele. 3. Os males não devem ser feitos porque são do diabo e vêm do diabo. 4. Os bens devem ser feitos porque são de Deus e vêm de Deus. 5. Os bens devem ser feitos pelo homem como por si mesmo, mas ele deve crer que é pelo Senhor que os bens estão nele e são feitos por ele. (Do livro A Verdadeira Religião Cristã, 3).

  • Convite à Nova Igreja

"... o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida" (Apoc. 22:17). 

A religiosidade cristã atual se baseia numa idéia de três pessoas Divinas, portanto, de três deuses, o que é contra a Palavra. Teve origem no ano 325, no Concílio de Nicéia, quando se afastou da Igreja cristã primitiva instituída pelo Senhor através dos apóstolos. Desde Nicéia, a crença cristã exalta a fé só, em detrimento da caridade e, por conseguinte, afasta-se do verdadeiro Deus e da vida verdadeiramente cristã. Esse é um erro de que todos devem se precaver.  Por isso, todos, em todo o mundo cristão e não cristão, acima e além das denominações, são convidados a conhecer a revelação dos internos da Palavra de Deus, para que tenham vida em espírito e em verdade. Assim entrarão na comunhão espiritual representada pelas bodas do casamento do Cordeiro.


Tópicos em destaque:

As obras de Swedenborg advertem quanto aos perigos do espiritismo e a heresia da reencarnação

Algumas obras de referência espíritas mencionam Swedenborg como um "médium", e ele é freqüentemente assim chamado pelos espíritas. Não há, porém, como negar que em seus escritos Swedenborg ensinou claramente que é errônea e nociva a busca de contato com espíritos, e advertiu veementemente contra isso por ser contra as leis da ordem e contra a Palavra de Deus. E todos os seus ensinamentos sobre a vida eterna contradizem a heresia da reencarnação. Não se pode negar a liberdade de crença e de culto de pessoa alguma, mas a finalidade primordial das obras teológicas de Swedenborg é restaurar no mundo a fé no Senhor Jesus Cristo como único Deus que veio ao mundo, Ele mesmo sendo o Criador, Redentor e Regenerador, e, por meios dessa fé, que seja instaurada no mundo uma igreja que O adore em Espírito e em Verdade, sem mediação de espíritos, anjos, santos ou homens. Essa é a fé salvífica, quando associada à obediência aos preceitos da Palavra e ao novo nascimento espiritual, chamado regeneração, que acontece neste mundo, numa única vida. Os meios de salvação e vida eterna estão manifestos plenamente na Palavra do Antigo e Novo Testamento e sem isso não há esperança de bem-aventurança na eternidade. Por isso a idéia de mediação de espíritos e de sucessicas encarnações é cabalmente rejeitada nos Escritos de Swedenborg.    Leia mais.


O que a Bíblia diz

Deus ouve todas as orações?

Orar é falar com Deus, como se sabe, e é um dever cristão ensinado pelo Senhor e pelos apóstolos. Mas o conceito da finalidade da oração, suas condições e seus efeitos são frequentemente mal compreendidos. Por exemplo: nem toda oração é atendida por Deus (Isaías 1:15); orar somente não é suficiente, se não houver atitude e modo de agir condizentes com a vida cristã; orar não é fazer exigências a Deus; além de outras idéias que merecem uma séria reflexão por todo crente. Um estudo que ajuda a esclarecer esse importante aspecto da vida cristã está disponível neste website. Clique aqui.


O conhecimento a respeito de Deus é progressivo

Segundo a teologia do todo o cristianismo, há três pessoas Divinas distintas que constituem a "Santíssima Trindade": uma é pessoa do Pai, outra a pessoa do Filho e outra a pessoa do Espírito Santo. Acredita-se que cada uma dessas pessoas é Divina, cada uma delas é em si mesma Deus. Como são três pessoas e são distintas entre si, tem-se aí, como conseqüência inegável, a fé em três deuses: Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo..

Uma tal crença em três pessoas Divinas ou três deuses é ensinada dos púlpitos das Igrejas e das cátedras dos seminários como tendo origem e base na Bíblia. Para o confirmar, são aludidas inúmeras passagens do Antigo e Novo Testamentos, as quais, aparentemente, ensinam semelhante idéia. Mas essa fé em três deuses, além de ser contra o senso comum, é inteiramente estranha às Sagradas Escrituras. E sendo assim, é, portanto, uma heresia, a qual cumpre expor e combater, o que procuraremos fazer neste artigo. Continua.


A impossibilidade da reencarnação

A doutrina da reencarnação é uma doutrina que reduz o espírito a zero, fazendo-o voltar à situação de gérmen, para mergulhar novamente na treva embrionária e ressurgir em novo corpo, com vida nova, novo nome, novas afeições e novos pensamentos, até revestir-se de um invólucro material que se torna a pele de um cordeiro sem mácula, quando, então, cessa de reencarnar-se. Leia mais.


Quatro idades, quatro amores e quatro igrejas

A estátua que Nabucodonosor viu em sonho, mencionada nos versículos de Daniel acima citados, é um símbolo que sintetiza a história espiritual da humanidade. As quatro partes da estátua: a) a cabeça, b) o peito e os braços, c) o ventre e as coxas, d) as pernas e os pés, representam as quatro grandes eras ou Idades por que a humanidade já passou. Os quatro metais, formadores daquelas partes anatômicas, simbolizam os amores ou princípios gerais que caracterizam as eras ou Idades.

Os antigos denominavam essas eras como Idade do Ouro, Idade da Prata, Idade do Cobre ou do Bronze e Idade do Ferro, de acordo com os conhecimentos que possuíam da significação desses metais. A cada uma dessas Idades corresponde uma Igreja Geral e uma dispensação religiosa ou revelação de Deus acomodada às condições ou estados espirituais da humanidade nas diferentes épocas. Leia mais.


A doutrina cristã atual examinada à luz da Palavra

Dizemos aqui "doutrina da Igreja cristã", de um modo geral, e entende-se tanto a doutrina da Igreja Católica Romana como a de todas as Igrejas reformadas ou Evangélicas, também chamadas de "protestantes".

Se são tomadas aqui em conjunto, é porque essas Igrejas, por mais diferentes que pareçam umas das outras, têm os mesmos pontos fundamentais em suas doutrinas, compartilhando das mesmas idéias sobre a Trindade Divina como uma trindade de pessoas, sobre a justificação, sobre a transferência do merecimento de Cristo ao pecador e sobre vários outros dogmas secundários.

Os aspectos essenciais dessas crenças serão examinados aqui, um a um, e comparados com ensinamentos claros das Escrituras Santas. Tomaremos, em primeiro lugar, a idéia cristã sobre a Trindade. Continua.


Em espanhol, o testemunho de Helen Keller sobre Swedenborg

Luz en mi oscuridad

Helen Keller

Hans Christian Andersen, en uno de sus bellos cuentos, describe un jardin donde crecian árboles gigantescos en tiestos demasiado pequeños. Aunque sus raices estaban cruelmente apretadas, les árboles se alzaron gallardamente al sol, lanzaron al espacio sus gloriosas ramas, prodigaron un tesoro de flores, y sus dorados frutos revivieron a fatigados mortales. A sus brazos hospitalarios vinieron las aves a cantar, y en sus corazones surgió para siempre un impulso de renovación y alegria. Por fin un dia rompieron las heladas y duras cadenas que los confinaban y desplegaron sus poderosas raíces en la dulzura, de la libertad. A mi modo de ver, ese jardín extraño simboliza el siglo XVIII, del cual emergió el genio gigantesco de Emanuel Swedenborg. Este siglo, que algunos llaman la Edad de la Razón, se caracteriza por ser la época más fría y deprimente que haya registrado la historia humana. Cierto que se hicieron progresos admirables y abundaron los grandes fllósofos, estadistas y audaces investigadores de la ciencia. Las formas de gobierno fueron mejorándose, se abolió el sistema feudal y los campos y ciudades fueron por primera vez lugares de relativa seguridad. Las ardientes pasiones del medioevo fueron refrenadas con grave decoro gracias al férreo dominio de la razón. Continua.


Estudo Bíblico "A Escritura Santa"

O estilo simples da Palavra causa, por vezes, dúvidas ao homem. Aquele que acredita em Deus sabe que nessa simplicidade e, até, nas aparentes obscuridades da letra da Palavra escondem-se mistérios insondáveis sobre o caráter de Deus e a vida eterna. Mas aquele que é incrédulo, o que adora a natureza em lugar de Deus, esse pode cair no erro a respeito da Palavra, pois não vê sua sabedoria nem sua santidade, e portanto não vê sua origem Divina.

Se julgarmos a Palavra apenas pelo seu sentido literal, nunca poderemos dela extrair a sabedoria e a riqueza que estão encerradas em suas histórias, parábolas, cânticos e profecias. As palavras pronunciadas pelo Criador "são espírito e são vida" (João 6:63). Por isso, um estudo completo e frutífero do Verbo Divino deve, necessariamente, admitir a existência e incluir o exame desses dois sentidos: o da letra, manifesto nas verdades genuínas que ali transparecem, e o outro, que é o sentido interno ou espiritual, sentido esse que se acha envolto em parábolas e símbolos correspondenciais, presente até naquelas passagens aparentemente desconexas, incoerentes, obscuras e contraditórias. Continua.


Seleção de tópicos doutrinais por um leitor

(Jorge L. Medeiros)

Na Palavra, lê-se que JEHOVAH Deus habita em uma luz inacessível; quem, portanto, poderia se aproximar d’Ele, se Ele não habitasse em uma luz acessível, isto é, se Ele não tivesse descido e não tivesse tomado o Humano; e se neste Humano não se tivesse tornado a Luz do Mundo? ( João I, 9; XII, 46 ). Continua.



Visite também
: www.swedenborg.com.br
 

Os textos extraídos das obras teológicas de E. Swedenborg são de domínio público, portanto, de livre reprodução e divulgação. São resguardados, porém, os direitos de tradução, pelo que se solicita obter autorização prévia dos respectivos  tradutores. A reprodução de matérias de outros autores depende de autorização individual.

 

 

Arc


Publicações recentes:

A Nova Jerusalém e Sua Doutrina Celeste

2013, 2ª. edição, nova tradução do latim, 192 págs.

Um compêndio das doutrinas fundamentais da Nova Jerusalém expostas na obra Arcanos Celestes.

 

O Juízo Final e a Babilônia Destruída,

incluindo a Continuação sobre o Juízo Final

2013, 128 págs.

Descrição dos eventos que constituíram o juízo final e que ocorreram no mundo espiritual entre 1756 e 1757.

 

O Cavalo Branco

2013, 32 págs.

Na maior parte, extratos dos Arcanos a respeito da significação espiritual do cavalo branco citado no Apocalipse.

 

A Interação da Alma e do Corpo

2013, 48 págs.

Uma exposição filosófica a respeito da natureza do influxo Divino na alma humana e, desta, no corpo.

 

Quatro Doutrinas

2013, 272 págs.

Num só volume o conjunto das quatro doutrinas essenciais para a Nova Igreja: Doutrina do Senhor, Doutrina da Escritura Santa, Doutrina de Vida e Doutrina da Fé. Com citações de centenas de passagens das Escrituras, apresenta conceitos inteiramente novos sobre esses pontos, especialmente quanto à Divindade de Jesus Cristo, à natureza espiritual da Bíblia, a vida verdadeiramente cristã e a genuína fé.

 

Capa DP 

Divina Providência

2009, 2a. edição (nova tradução do latim) 288 pág.

Uma exposição sobre o infinito cuidado de Deus para com o homem em todas as circunstâncias da vida. Mostra que o Criador age por meio de determinadas leis, pelas quais Ele governa todas as coisas, ainda que preservando a liberdade de escolha dos indivíduos. Fala da existência do mal e por que é permitid. Uma resposta sã a diversas indagações da razão de ser da existência humana.

 

Capa TU 

Terras no Universo

2011, 112 pág.

Uma descrição das vidas e crenças dos seres humanos que habitam outros planetas neste e em outros sistemas estelares no universo. Demonstra que "o universo visível ou o céu iluminado por tantas estrelas, que são tantos sóis, é somente um meio para que existam terras e, nelas, seres humanos, dos quais o reino celeste é formado. (...) Esse meio imenso, para tão grande fim, não foi feito para o gênero humano de uma só terra... Que seria isso para o Divino, que é Infinito?"

 

O Céu e o Inferno

2006, 3a. edição, nova tradução do latim, 404 págs.

Este, que é o livro mais conhecido do autor sueco, teve publicada recentemente a sua 3a. edição em português, com 400 págs., resultando de uma nova tradução do latim.  Traz, também, valioso adendo de um minucioso índice remissivo compilado por Levindo Lafayette, tradutor das edições anteriores. No prefácio dessa obra, o autor testificou: "Foi-me concedido, assim, descrever agora essas coisas vistas e ouvidas esperando, com isso, esclarecer a ignorância e dissipar a incredulidade. A razão de hoje existir uma tal revelação imediata é porque esta é o que se entende pelo advento do Senhor."  O Céu e o Inferno, 1 - E. Swedenborg.

 


Obras de Emanuel Swedenborg em Português

pela ordem em que foram publicadas

  • O Amor Conjugal, 1963, 558 págs.

  • Verdadeira Religião Cristã, 1964, 2 vols., 864 págs.

  • Sabedoria Angélica, 1969, 246 págs.

  • Exposição Sumária das Doutrinas da Nova Jerusalém, 1981, 150 págs.

  • Apocalipse Revelado, 1987, 2 volumes, 1050 págs.

  • Arcanos Celestes, volume I, 1999, 256 págs.

  • O Céu e o Inferno, 3ª. edição, 2006, 400 págs.

  • Divina Providência, 2ª. Edição, 2009, 288 págs.

  • Quatro Doutrinas Contendo: Doutrina do Senhor, Doutrina da Escritura Santa, Doutrina da Fé, Doutrina de Vida 2008,  272 págs.

  • Terras no Universo, 2011, 112 págs.

  • A Nova Jerusalém e Sua Doutrina Celeste, 2ª. edição, 2013, 192 págs.

  • O Cavalo Branco, 2013, 32 págs.

  • O Juízo Final e a Babilônia Destruída,  incluindo a Continuação sobre o Juízo Final, 2013, 128 págs.

  • A Interação da Alma e do Corpo, 2013, 48 págs.

Distribuição:

www.estantevirtual.com.br

 


Locais de culto segundo as Doutrinas Celestes no Brasil

Sociedade Religiosa “A Nova Jerusalém”

Rua das Graças 45 –  Bairro de Fátima

Rio de Janeiro – RJ

E-mail: andyjh@kncs.org

                  

Nova Igreja em Campo Grande, RJ              

Estrada Santa Maria, 1175 – Bairro Campo Grande 

Rio de Janeiro – RJ  – Telefone (021) 3406-9722

E-mail: johnny.az.villanueva@gmail.com

                            

Igreja Seguidores de Cristo

Rua Leonel Simões, 443 – Jardim Pindorama

São José dos Pinhais – PR

E-mail: icesc_sjp@yahoo.com.br

                  

Nova Igreja em Jundiaí - SP

Informações: Tel. (011) 98160-0654

e-mail: vicentenobre@msn.com

                

Contato em Três Pontas - MG

Informações: Tel. (035) 9984-0194 ou (035) 8818-7529

e-mail: fcocferreira@bol.com.br

 


 


E. Swedenborg (1688-1772)